O Plano Estratégico de Marketing Turístico da Costa das Baleias propôs estratégias de posicionamento mercadológico para o desenvolvimento da região e cinco dos seus municípios: Prado, Alcobaça, Caravelas, Nova Viçosa e Mucuri. O Plano foi composto de três fases: Diagnóstico, Estratégia e Plano de Ação. A metodologia aplicada foi baseada na pesquisa de gabinete, atividades de campo e oficinas com os empresários. O trabalho de gabinete fundamentou-se em documentos com informações e análise do destino, tendo como referências o PDITS – Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável, o Plano Nacional do Turismo 2007/2010, o Plano Aquarela 2020, o Estudo de Competitividade dos 65 destinos Indutores do Desenvolvimento Turístico Regional e em informações da Secretaria de Turismo da Bahia e Bahiatursa. As atividades de campo tiveram a finalidade de levantar dados e identificar oportunidades, potencialidades, ameaças e fragilidades que foram comparadas com a realidade do mercado e tendências turísticas no cenário nacional e internacional. Foram realizadas cinco oficinas para identificação das percepções do trade turístico e comunidade, sendo três oficinas para levantamento diagnóstico, um para a definição da estratégia e outro oficinas para a elaboração do plano de ação. Para os workshops, foram convidados empresários locais, representantes do Poder Público e da comunidade local, com o intuito de avaliar a opinião dos diversos atores da atividade turística. Além disso, foram realizadas entrevistas qualitativas com a oferta e a demanda turística, experimentação dos serviços e visita técnica aos principais atrativos.

Carregando...